Saiba como calcular o ROI em trade marketing aqui!
novembro 30, 2018
Veja 5 dicas para vender os produtos encalhados no estoque!
janeiro 9, 2019
Exibir tudo

O primeiro passo para ter sucesso em sua estratégia de shopper marketing é entender o que é um shopper. Essa figura se assemelha à do consumidor final, mas tem algumas especificidades importantes. Ele comparece a um ponto de venda não com o objetivo de comprar, mas, sim, de pesquisar, comparar o custo-benefício, avaliar as especificações do produto etc.

Assim, ele somente se tornará um consumidor caso tenha percebido que sua empresa oferece vantagens únicas em relação à concorrência e o produto realmente valha a pena. Portanto, trata-se de um personagem muito exigente e, para agradá-lo, sua empresa precisará pensar em estratégias especiais.

Se você ficou interessado no assunto, não deixe de ler o nosso post!

1. Entender a jornada de compras

Toda e qualquer boa estratégia de marketing envolve saber o caminho que o cliente percorre até a decisão final. Portanto, deve abranger etapas importantes, como planejamento, compra e consumo. 

O planejamento começa quando surge a ideia de comprar na mente do shopper. Então, ele começa a pensar nas formas de adquirir o produto. Atualmente, a primeira ação que eles tomam é a pesquisa da mercadoria nos sites de busca, como o Google. 

Então, ele pesquisa as especificações dos produtos, lê comentários e avaliações, abre os sites de comparação de preço, visita as páginas das empresas nas redes sociais para conhecer a reputação da marca etc. E só depois de obter muita informação é que decide pela compra.

Nessa nova etapa, não está tudo garantido. Ele avaliará tudo o que encontrar no ponto de venda escolhido, como condições de pagamento, reclamações de outros clientes etc. A última fase, o consumo, só ocorrerá naquela loja que oferecer a maior conveniência para ele, aliada à qualidade do produto e um atendimento eficaz.

2. Estudar o posicionamento dos produtos

Saber a posição que seu produto ocupa no mercado e na mente dos consumidores é crucial para elaborar uma boa estratégia. Afinal, o shopper marketing se trata de identificar seus diferenciais e saber explorá-los para o convencimento da compra. Para isso, as seguintes perguntas podem ser úteis:

  • Qual o perfil do público que efetivamente consome os meus produtos?
  • Qual o valor agregado trazidos por eles?
  • No que meus produtos se diferem dos demais?
  • Qual a posição que eles ocupam nos rankings de vendas?

3. Investir em um promotor de produtos

Esse colaborador pode modificar o curso de uma venda. Ele é a pessoa responsável por motivar o shopper a concluir uma compra. Como o comprador é uma figura exigente e muito bem informada, o promotor deve ser um conhecedor profundo tanto de suas mercadorias quanto as da concorrência. Portanto ele deve ser treinado a explicar tudo o que foi aprendido no item anterior. 

4. Compreender a escolha dos shoppers

Essa prática significa saber o caminho mental percorrido pelo shopper no momento da compra para aumentar a persuasão. Para isso, pegue as informações colhidas na jornada de compras, as obtidas pelos promotores de vendas e pela análise do posicionamento.

Por fim, crie um fluxograma com todos os pensamentos e questionamentos que um shopper provavelmente faz antes da tomada de decisão e, então, crie estratégias para convencê-lo em cada um desses pontos.

Por todas essas razões, não podemos nos esquecer que, no shopping marketing, é imprescindível investir na atratividade do seu ponto de vendas. Esse será um fator importantíssimo para frear os impulsos do shopper de continuar pesquisando produtos em outros lugares. Lembre que ele tem um tempo reduzido para a tomada de decisão e, consequentemente, quanto mais a sua empresa facilitar a compra, maior a chace de ele fechar negócio rapidamente.

E, então, você percebeu que sua empresa precisa de uma estratégia de shopper marketing urgentemente? Então, entre em contato com a nossa empresa!

Os comentários estão encerrados.