Fique por dentro das maiores tendências em trade marketing

Se você quer aumentar o volume de vendas da empresa, melhorar a experiência do consumidor e intensificar a interação do público com uma marca, precisa manter-se atento às tendências em trade marketing. Essa estratégia é indispensável para quem quer ver o faturamento crescer.

O trade marketing é responsável por impulsionar as vendas a partir do real entendimento sobre as necessidades e o comportamento do consumidor. Com isso, ele não só aumenta a demanda como qualifica o relacionamento com os parceiros da cadeia varejista.

Fique conosco e confira tudo o que você precisa saber sobre as maiores tendências em trade marketing. Aproveite!

O que é trade marketing?

O trade marketing é a estratégia usada especificamente nos pontos de vendas (PDVs) para facilitar o acesso à marca, fidelizar o público-alvo e aumentar o faturamento. É uma técnica bastante difundida, especialmente porque traz resultados consistentes há muito tempo.

Não é por acaso que as principais marcas de cervejas ficam expostas próximas ao açougue do supermercado ou no trajeto de volta para o caixa. Isso é pensado exclusivamente para que, enquanto você escolhe a carne do churrasco, dê uma boa olhada em volta e lembre-se de pegar uma cerveja. 

Não é qualquer cerveja. É aquela exposta perto de você. A função dessa tática é despertar o interesse do consumidor e incentivar a compra de itens adicionais ou complementares. Para isso, ela objetiva, principalmente, conhecer suas necessidades e o seu comportamento de compra no PDV.

Quais são as vantagens do trade marketing para as empresas?

Obviamente, as vendas são um objetivo bastante forte no trade marketing. Mas não são o único. Investir nessa estratégia:

  • aproxima os consumidores da marca;
  • fortalece a relação entre a indústria e a cadeia de distribuição;
  • aumenta o giro de estoque;
  • facilita a entrega de valor para o cliente;
  • proporciona uma posição de destaque no PDV;
  • inibe a ausência do produto onde há a marca concorrente.

Quais são as principais tendências do trade marketing?

Chegou a hora de conferir as principais tendências em trade marketing. Acompanhe!

Merchandising compartilhado

A tendência é que o trabalho realizado no PDV seja cada vez mais terceirizado a empresas especializadas em trade marketing. Isso permite trabalhar com diferentes produtos, de marcas distintas, o que reduz custos, facilita a contratação, mantém a qualidade do atendimento e muito mais.

Realidade aumentada

A realidade aumentada é uma maneira de combinar informações virtuais aos espaços físicos de venda, incentivando a interação com a marca. O simples fornecimento de descontos virtuais para o consumo físico no PDV pode ajudar a aumentar o fluxo de pessoas no estabelecimento. 

Personalização

Customizar algumas características do produto de acordo com as preferências pessoais também está entre as tendências em trade marketing. Uma opção interessante é apostar em designs que permitam gravar o nome do consumidor no produto.

Robôs no varejo

Os robôs estão muito mais presentes no nosso dia a dia do que podemos imaginar. O próprio consultor de preços no supermercado é um exemplo disso. Cada vez mais, as pessoas poderão tirar suas dúvidas e atender às suas necessidades sem precisar de um funcionário para dar suporte.

Ferramentas

Com as soluções anteriores, é possível captar informações relevantes, que podem ser utilizadas para entender melhor o comportamento de compra e alinhar a gestão de marketing de cada ponto. Com isso, é interessante contar com softwares que agilizem a geração de relatórios e diagnósticos completos e atualizados.

Por onde começar a praticar trade marketing?

Com tantas tendências no trade marketing, pode parecer difícil começar, mas não se engane. É mais simples do que você imagina. Você pode partir de medidas, como:

  • coleta e análise das informações sobre o comportamento de compra do seu consumidor;
  • estudo do fluxo de decisão no PDV;
  • criação de perfis de consumidores para nortear as ações de marketing;
  • soluções estratégicas a partir dos perfis de consumo identificados;
  • automação de todas as ações de marketing que puder;
  • contratação de um agência especializada em trade.

Tudo isso ajudará a melhorar os resultados e aproximar sua empresa das tendências de trade marketing. A partir daí, é uma questão de amadurecimento de estratégias. Se você gostou deste conteúdo, não deixe de conferir os 6 passos para um planejamento de trade marketing eficiente!

Deixe seu comentário


icon whatsapp