Limpeza de fachada de prédio: entenda o que você deve considerar

Muitos proprietários de imóveis desanimam quando precisam gastar com algum conserto ou com mão-de-obra. Porém, para não ocorrer a desvalorização, é muito importante realizar reformas e melhorias — como, por exemplo, uma limpeza de fachada de prédio.

Essas reformas têm o objetivo de manter as propriedades conservadas, evitando dores de cabeça no futuro. Afinal, qualquer tipo de imóvel precisa de cuidados, uma vez que isso evitará contratempos como problemas elétricos e vazamentos, dentre outros.

Nesse sentido, preparamos este post para que você entenda como realizar a limpeza de fachada e quais são os seus benefícios. Continue a leitura e confira!

Por que fazer a limpeza de fachada de prédio?

A fachada é uma benfeitoria localizada na parte externa do prédio. Ela fica muito exposta a fatores climáticos, como as chuvas, o sol e outros mais. Com essa realidade, é importante que as manutenções sejam realizadas de modo frequente, pois o desgaste é maior por fora do imóvel do que por dentro.

O intuito dessa tarefa é conservar a qualidade da estrutura do prédio. Além disso, uma propriedade que possui uma fachada bem cuidada e limpa tem um maior valor diante de outras que estão sujas e danificadas.

Quais são os cuidados necessários?

É preciso ter alguns cuidados na realização da limpeza — principalmente para com os operários que vão fazer o serviço. Geralmente, os edifícios têm uma altura superior a 10 metros, fazendo com que seja necessário utilizar equipamentos de segurança, como capacetes, redes de proteção e outros. 

Para evitar dores de cabeça, é preciso que o proprietário ou o administrador do prédio contrate uma empresa especializada em higienização de fachadas, pois essa tarefa exige mão-de-obra e equipamentos qualificados. Dessa forma, a limpeza será efetiva e o seu imóvel ficará com uma ótima aparência.

Quando a limpeza deve ser feita?  

Antes, o costume era realizar a limpeza de fachada de prédio quando a poeira estivesse atrapalhando a visibilidade do local. No entanto, não é aconselhável demorar tanto tempo para higienizá-la, pois o material pode ser comprometido e o imóvel, desvalorizado.

A limpeza deve ser realizada periodicamente, com o intuito de manter a conservação da parte externa do prédio. O tempo correto vai depender do tipo de material usado na construção, mas o período mínimo indicado é de quatro anos.  A limpeza deve ser feita com rejuntamentos, pinturas e lavagem.  

Quais são os erros mais comuns?

A limpeza de fachadas precisa ser executada corretamente, principalmente a higienização dos vidros. Como alguns produtos podem deixar riscos e manchas indesejadas, a melhor maneira dessa ação ser eficiente é contratando uma boa empresa terceirizada, visto que a aparência externa é “o cartão de visitas” de um imóvel.

Como vimos, para que a limpeza de fachada de prédio seja realizada de modo efetivo, é importante que o proprietário contrate um serviço terceirizado para que o seu patrimônio não seja danificado. Por isso, contrate empresas especialistas nesse assunto. Assim, seu edifício, sem dúvida, ficará limpo e conservado.

Gostou deste post? Então, compartilhe-o em suas redes sociais para que mais pessoas possam saber sobre as vantagens dessa prática! 

Deixe seu comentário


Há mais de 20 anos entregando resultados em Trade Marketing e Facilities, oferecendo soluções inteligentes para seus cliente.

PRESENÇA INTERNACIONAL

Unidades próprias: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Curitiba, Londrina e Florianópolis. Mais de 36 Parceiros homologados no Brasil.

Unidades no exterior: Flórida, Argentina, Chile, Uruguai, Paraguai e Bolívia.

BLOG

Acerola Comunicação © 2019. Todos os direitos reservados.